FANDOM


Pastor

Pastor

[...] Enquanto Braun se apresentava, percebera que dentre aqueles que o contemplavam, uma figura simplória

conservava-se boquiaberta, com os olhos azuis vidrados de espanto, provavelmente desde que a cabeça do inimigo havia sido cortada e lançada ao longe. O sujeito trajava uma leve túnica de coloração amarronzada, cortada em uma só peça, que deixava à mostra apenas os dedos de seus pés. Seu rosto, ainda que possuísse uma barba negra fechada, não deixava de exibir uma expressividade peculiar, ressaltada pelo seu corte de cabelo rente à sobrancelha. Os traços de seu perfil, apesar de jovem, não eram delicados, mas isso não indicava uma presença ameaçadora, como a do guerreiro à sua frente. O que mais se destacava em sua simpática silhueta era o báculo que trazia em sua mão direita, objeto que chamou a atenção de Braun [...]

(A Queda de Sieghard, capítulo VII)

Perfil Editar

Filho de pastores do Velho Condado, província de Bogdana, Petrus cresceu e aprendeu o mesmo ofício de seus pais. É um homem simples e ingênuo, com o dom de apaziguar animais. Na maioria das vezes, é inseguro e gagueja quando fica nervoso. Acostumado ao sossego de sua terra natal, prefere a paz de uma boa cama à jornada frenética na qual foi incluído sem sua vontade. Petrus teve sua fazenda invadida e foi capturado pelas forças do Caos. De algum modo, ele conseguiu fugir e juntou-se ao grupo dos protagonistas depois da derrota na Batalha do Velho Condado.

Apesar de conformado com sua profissão de pastor, em certo momento ele fala que nem sempre quis seguir este ofício:

— Mas que bacana, Roderick — maravilhou-se o pastor. — Tem vezes que me apanho pensando se eu poderia ser como você nas atuais auroras. Mas em certo momento de minha vida, Destino decidiu que ela seria mais fácil se eu continuasse o trabalho dos meus pais, tratando de ovelhas.

(A Queda de Sieghard, capítulo IX)

Relacionamento com o grupo Editar

Petrus foi prontamente aceito pelo grupo e logo tornou-se o mascote após domar o lobo Rurik. No início, foi querido por todos, em especial, por Roderick; no entanto, sua perspicácia e habilidade, com o tempo, acabou por irritar a maga Chikára que tomou-o como desafeto.

Familiares Editar

Em A Queda de Sieghard Editar

Petrus fala pouco de sua família, possivelmente para evitar lembrar de um evento ruim. Sabe-se que fora criado por pai, mãe e irmãos e que estes últimos costumavam pescar com ele no rio Nakato em sua infância, conforme a seguinte passagem:

— Ah... — proferiu timidamente — Nakato... Nem me lembrava mais. Eu e meus irmãos fomos pescar nele algumas vezes... q... q... quando minha família ainda estava viva — concluiu, sufocando suas últimas palavras.

(A Queda de Sieghard, capítulo X)

Mais tarde, na seguinte passagem, ele dá mais detalhes sobre o que acontecera com sua família:

— Também lembro de meus irmãos... — continuou o pastor. — Do triste fim que tiveram por causa de umas poucas moedas de ouro que meu pai havia juntado... Se soubesse ele que trariam tanto desgosto, certamente, as teria dado aos pobres. Foi por isso que renunciei das riquezas. Moedas, joias, só me trazem más lembranças. É assim que vivo feliz hoje: evitando enriquecer com essas vaidades que escapolem com rapidez.

(A Queda de Sieghard, capítulo XV)

Em O Flagelo de Dernessus Editar

Em construção

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória